A mulher no Egipto

Christian Jacq é um apaixonado pelo antigo mundo egípcio, e eu começo cada vez mais a compreendê-lo. Estando a ler um dos seus livros, As Egípcias, pude pela primeira vez percebere a sociedade do antigo egipto, que apesar de não ser perfeita (nenhuma o é) parece estar bastantes próxima de conceitos como a liberdade, igualdade e fraternidade que só em 1789 voltariam a ser reenvindicados pelos Europeus. Mas o mais incrível é que em muitos aspectos esta sociedade tão antiga estava bem mais desenvolvida que a nossa.

Este livro fala particularmente sobre o papel da mulher na sociedade, um papel muito mais profundo que o que desempenhamos na actualidade. No Antigo Egipto a mulher podia ser o que quisesse, poderia ser líder espiritual, podia ser líder político, tinha direito ao divórcio, direito a trabalhar no que quisesse e tinha basicamente os mesmo direitos que os homens, talvez até mais. O que é igualmente notável, é que a feminilidade da mulher era bastante apreciada, as mulheres podiam ser belas e sensuais, não deixando de ocupar os mais altos cargos de estado…

Não avançarei muito mais… leiam e digam-me se não concordam… 😉

Anúncios

1 Comentário »

  1. cristiana Said:

    Bem,eu tambem sou fachinada pelo antigo Egipto.
    sei muitas coisas,mas cero saber mais,cada vez mais,acho que podiamos trocar ideias….


{ RSS feed for comments on this post} · { TrackBack URI }

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: